SE LIGA!

Gritaram-me negra

Publicado em: 06/12/2021 às 13h03
Cl3

Por Leia Ramos

 

“Gritaram-me negra”, foi uma performance realizada pelo projeto AEL da EMEF Modesto Scagliusi. As estudantes fizeram uma adaptação do poema com o mesmo nome, da compositora, coreógrafa e desenhista, expoente da arte afroperuana: Victoria Eugenia Santa Cruz Gamarra.

Cl1

A performance tinha como intenção abordar as questões étnicos-raciais e fazer uma apresentação no Sarau da Escola, bem como de promover reflexão acerca da temática, por meio da arte e da produção dos estudantes.

Cl2

 

Cl5

 

Cl6

O trabalho teve um resultado muito positivo no que se refere à produção da perfomance como também dos desdobramentos da apresentação, de modo que os estudantes acabaram apresentando-se também no SESC Campo Limpo, estendendo a reflexão e a compartilhando com mais pessoas.

Cl7 Cl8                Cl9

O sucesso do trabalho dos estudantes reside na escolha do tema, na produção da perfomance, na questaõ proposta quanto à discussão de um tema fundamental para além do contexto educacional.

 

Cl 4

Veja a perfomance das estudantes no link abaixo. É só clicar.

 

 

Se você quiser conhecer o poema que serviu de inspiração para a performance, veja este link:

 

https://feminismo.org.br/me-gritaram-negra-poema-de-victoria-santa-cruz/18468/

 

 

Professoras Idealizadoras Cl

Professoras idealizadoras do projeto: Cristina Artagoitia e Flávia de Freitas.

 

Leia

Leia Ramos é professora da Rede Municipal de Ensino e atua como Psicopedagoga no NAAPA da DRE de Campo Limpo.

Imagem Abertura Diversidade
21/12/2021 às 14h58

A potência do futebol feminino

Por Renata e Vanessa A potência do futebol feminino Foto: Joshua Hoehne – Unsplash Cristiano Ronaldo, Neymar, Messi, Mbappé … […]

Diversidade Jt
16/02/2022 às 18h01

Podcast e diversidade

Por Camila Cristina Lopes   Nesse podcast, a estudante Mariana Vitoria Ferreira da Silva, de 12 anos, que tem baixa […]

Cs 2eda
24/11/2021 às 13h09

Vamos falar da violência contra a mulher?

O sentimento de alteridade pode ser provocado por meio da arte?   O projeto elaborado pela professora de Arte, Camila […]