SE LIGA!

Bora todo mundo, bora fazer poesia para o mundo

Publicado em: 23/11/2021 às 19h46
Pe3

Por Juliana Alves Ortunes

 

Durante a pandemia, a situação ficou complicada, por isso, muita gente buscou na arte uma forma de suportar o sofrimento pelo qual o mundo todo passou e ainda está passando.

 

A Ana Clara participou de um campeonato de SLAM, promovido pela professora Carolina Cortinove Tardego, da Emef Infante Dom Henrique. O 3º SLAM BITITA é um campeonato de poesias faladas que acontece na escola desde 2019. A Ana Clara foi a campeã e representará a escola no SLAM Interescolar. A estudante representou os seus sentimentos por meio dos poemas que escreveu. Vamos conhecê-los?

 

Viva

 

Sonhos são feitos para lutar,

lutas são feitas para ganhar.

O ganho serve para ensinar.

O ensino serve para alcançar.

Alcançar a batalha que a sua vida está

prestes a se tornar.

Então viva e aprenda, porque seus

desafios acabaram de começar.

Image (2)

 

O campeonato não pode ser presencial, por isso a forma encontrada foi a utilização de uma plataforma, dessas que a gente tem usado muito hoje em dia para conversar, estudar e declamar poemas também, legal, né?

Olha este outro poema dela:

Cansaço

Todo dia acordo cedo

já pensando em estudar,

já pensando em estudar.

Não tenho nenhum descanso,

nunca posso nem parar.

E depois da escola tenho que ir

a outra estudar

ir a outra estudar

 

Será que em algum dia, alguma hora

poderei descansar?

 

Eu não sei. Só sei que a vida é incerta,

então viva o agora

que o amanhã

a gente se acerta.

Image (3)

Ana Clara também nos conta que em 2020 escreveu mais este poema:

Valorizar

“Nesse momento de quarentena, o mundo está com grande dilema.

As escolas estão funcionando, as pessoas não estão trabalhando.

A gente tem que se cuidar, se não a pandemia não vai acabar”

Acabar…

Agora ela realmente está acabando.

Mas deixou vários ferimentos. Perdemos pessoas próximas e não tão próximas, mas tantas pessoas

morreram que nem dá para imaginar.

Temos que nos juntar, mas ainda não aglomerar. Porque a vida temos que valorizar e renovar.

                                                                                                                                                                                                                                              

Se você ficou curioso e gostaria de ver o SLAM completo, acesse este link aqui:
Juliana
Juliana Alves Ortunes é professora da Rede Municipal de Ensino e atualmente trabalha como  psicopedagoga no NAAPA – DRE Penha
Maputo1
08/12/2021 às 19h46

De Moçambique para o Brasil: o relato de uma migrante

Por Maria da Luz Amélia Smith Nunes da Silva Meu nome é Maria da Luz Amélia Smith Nunes da Silva. […]

Sentimentos 1
09/03/2022 às 16h43

Escrevendo sobre sentimentos

Por Equipe Naapa – DRE Santo Amaro Você sabia que uma das formas de expressar nossos sentimentos é escrevendo sobre […]

Cs22
07/04/2022 às 10h53

Todos querem ser respeitados.

Por Equipe NAAPA – DRE Capela do Socorro Respeito é bom e todo mundo gosta, não é mesmo? A Professora […]