PARA QUEM CUIDA

“Eu sou as histórias que contenho”

Publicado em: 20/12/2021 às 10h40
Imagem Itinerários Simone

Por Simone Romano Soares

“Eu sou as histórias que contenho” – Mia Couto

 

Respiro escola desde a educação infantil, nunca abandonei esta atmosfera, este universo que transborda conhecimentos e aprendizagens.  

Aos 15 anos, iniciei minhas vivências como auxiliar de turma, cursando o antigo magistério na escola pública.  Trabalhei por 17 anos em instituições particulares de ensino de São Paulo, com experiências e estudos de extrema importância para meu crescimento profissional acerca de conhecimentos adquiridos ao longo do processo, desafios superados, projetos inovadores; causando satisfação em ter feito a escolha certa para minha vida: ser educadora.

Ingressei no Ensino Público em 2006, e logo constatei que poderia contribuir de forma positiva ao lado de professores e gestão, lutando por uma educação de qualidade e acessível a todos e todas.  Nesta trajetória, desbravei vários territórios da cidade de São Paulo e suas peculiaridades, como o Pari, conhecendo de perto os povos migrantes e suas histórias; Heliópolis e a força desta comunidade com suas engajadas ONGs; Parque São Rafael em São Mateus e sua garra em reverter situações de miséria e abandono. Nestes últimos seis anos, tenho atuado em uma EMEF no Parque Bristol, divisa com São Bernardo do Campo, onde acompanho os desafios desta comunidade e suas constantes perdas. O grupo de professores e gestão foi um presente que ganhei nesta trajetória, sempre muito coeso, comprometido, inovador, trazendo novas perspectivas aos estudantes, acolhendo suas angústias, dificuldades e desafios de uma forma ímpar. 

 

Ipiranga20

Não é à toa que nosso PPP é intitulado como “ A escola que acolhe”, está é de fato a essência de nossa escola, não apenas nas palavras, registros, mas principalmente nas ações cotidianas. Percebemos que este é o primeiro lugar que procuram diante de dúvidas, auxílio e orientações. Esta relação de confiança foi construída ano a ano, através da percepção de como atuamos em cada caso, agindo com delicadeza, empatia, carinho e respeito por cada um.

 E foi neste percurso que firmamos parcerias valiosas com a Equipe do NAAPA e CEFAI, contando com formações em JEIF, acompanhamento dos alunos, dinâmicas pontuais e significativas, palestras com familiares, etc. Um trabalho que vale a pena destacar  foi o acompanhamento de estudantes com questões emocionais mais graves, onde, quinzenalmente a Equipe do NAAPA atendia de forma presencial , formando  mini grupos com estes alunos e através de  dinâmicas e sensibilizações fizeram toda diferença em suas vidas, pois visualizo estes estudantes mais fortalecidos e centrados neste retorno em 2021. O atendimento “portas abertas” no CAPS Heliópolis também nos auxiliou em casos mais urgentes e complexos. 

Espero ainda ter muitas histórias para dividir, de ações positivas e intervenções assertivas. O educador  comprometido, deve olhar além,  desenvolver uma sensibilidade apurada e sempre demonstrar acolhimento para as dificuldades cognitivas, emocionais e sociais. Estar ”presente” de fato e enfrentar os desafios de sua caminhada na educação.  

Simone Romano Soares

Imagem Itinerários Simone

Simone Romano Soares é coordenadora pedagógica na Rede Municipal de Ensino de São Paulo.

 

 

 

 

 

Itinerarios
14/02/2022 às 12h23

Empatia: um olhar para o próximo no combate ao cyberbullying

Por Wagner Rodrigo Floriano Ao pensarmos em tecnologias de modo geral, já pensamos em facilitadores e, com a internet, não […]

Itinerarios3
09/03/2022 às 09h06

O escritor transborda as emoções pelas letras

´Por Equipe Naapa DRE Santo Amaro “A Fala organiza o pensamento; a escrita organiza a fala” – Lev Vygotsky. O […]

Busca
08/11/2021 às 10h29

As experiências de quem cuida

Por Telma Mares Há itinerários vividos no NAAPA que marcaram história e dentre eles, os itinerários recentes, vividos pelas Agentes […]