PARA QUEM CUIDA

Como lidar com as emoções?

Publicado em: 03/06/2022 às 15h56
Bt01

Por Equipe DRE Butantã

Em roda de conversa e práticas corporais, os estudantes da EMEF Júlio de  Mesquita falaram e vivenciaram propostas sobre autocuidado para o fortalecimento dos jovens diante de algumas situações de medo, frustrações, angústias  e, especialmente, sobre sonhos e esperanças. Essa ação contou inclusive com exercícios corporais, relaxamento e respiração consciente. 

A continuidade está sendo realizada junto com a UBS local.

Vamos saber um pouco mais desta história?

 

Ah, e aquela emoção que vem de repente e nos confunde, nos entristece, nos alegra? 

Tristeza, euforia, medo…Vem tudo ao mesmo tempo. Às vezes sequer encontramos um nome que defina essa explosão. 

Aí precisamos, muitas vezes do apoio do outro, do ombro daquele que está mais fortalecido que nós. 

E não tem problema chorar, e não tem problema sentir medo e raiva. São emoções humanas. Ora sorrimos, ora choramos e está tudo bem. Mas se a tristeza persistir, se fugir do controle, busque ajuda, peça socorro. A travessia nem sempre é fácil, vamos juntos?

E foi a partir dessa confusão de emoções, entre euforia e tristeza que os estudantes de uma escola aqui da região do Butantã nos pediram ajuda. 

O NAAPA foi até a escola e conversou sobre autocuidado, sobre a impotência diante de algumas situações e sobre esperança. Sim, esperança!

Sabe aquela história “ninguém solta a mão de ninguém?” Então, seguramos nas mãos uns dos outros e refletimos sobre os problemas que enfrentamos diariamente. Falamos sobre respeito à dor do outro, sobre respeito à história do outro. Falamos sobre bullying, mais precisamente sobre suas consequências. Realmente não é legal! Gera medo, causa sofrimento, constrangimento. E não é uma brincadeira. É uma forma de agredir o outro. 

E não queremos isso, não é mesmo? Vamos praticar a empatia, vamos nos fortalecer, vamos cuidar uns dos outros. 

E para as horas de desespero, preste atenção na sua respiração. Parece bobagem, mas não é. Nesta escola, que mencionamos aí em cima, falamos sobre a importância da respiração consciente. Fizemos até um exercício com algumas turmas. Sabia que foi surpreendente a forma com que todos se sentiram? Realmente favorece a calma, tão necessária nestes dias insanos. 

Refaço o convite: 

Vamos fazer a travessia juntos? Ninguém solta a mão de ninguém!

Bt05 Bt04

Seguem algumas dicas para vocês experimentarem:  

 

RELAXAMENTO

1) Inspire pelo nariz e, quando expirar que solte o ar pela boca, abrindo-a e fazendo um som de “AAAAH”, colocando a língua para fora, o máximo que conseguir. Ao mesmo tempo, olhe para cima, movendo apenas os olhos.

Essa respiração ajuda a acalmar e reduzir o estresse, aumenta a circulação sanguínea, fortalece os músculos da face e da garganta e também estimula os olhos.

2) Estique-se e espreguice-se algumas vezes, sentindo o que acontece no corpo e na respiração. Perceba que, aos poucos, irão sentir-se mais relaxados. Inspire bem fundo e ao soltar o ar que diga bem  alto: “rá, rá, rá, rá, rá!”. Repetindo algumas vezes até que gerem gargalhadas, de forma espontânea. Pratique diversas vezes ao longo do dia e perceba o que muda em seu humor neste decorrer.

3) Inspire pelo nariz contando até quatro e solte o ar pela boca, também contando até quatro. À medida em que respira, imagine os pensamentos surgirem feito uma nuvem sobre sua cabeça. Quando inspirar, observe essas nuvens se formando e que, quando expirar, as nuvens vão se dissolvendo até desaparecer. Este exercício também pode ser feito ao ar livre, olhando as nuvens de verdade.

Fonte: Brincando de Mindfulness: 50 Exercícios para praticar a atenção plena com as crianças – Editora Matrix.

Equipe NAAPA: Psicopedagogas: Gabriela Pastrello Bono, Vilma Nardes Silva Rodrigues, Lucimara Campos Leite Custódio. Psicólogas: Edilma Maria da Silva, Jéssica Aparecida Ribeiro Soares. Apoio Pedagógico: Suze Artem Diniz. Coordenador: André Luiz Corrêa.

 

 

 

 

Videoconferencia
04/01/2022 às 11h14

Grupo focal em contextos educacionais: um espaço de escuta e reflexão

Por  Denis Ferreira dos Santos Atendendo a demanda da Equipe Gestora da EMEF Tereza Setuko Koshimae Hatori, os profissionais do […]

Iplegumes
13/12/2021 às 16h12

Comida de verdade: saúde e consciência se põem à mesa

Por Vanessa Aguilera e Renata Renata Del Tedesco  Você sabe o que significa estar em insegurança alimentar? Segundo a Lei […]

Ações4
04/02/2022 às 10h17

A potência do coletivo

Por Juliana Carvalhar e Rejani Perasolo – Equipe NAAPA – DRE Itaquera   Fomos assolados pela Pandemia do Coronavírus e, […]